Antonio Figueiredo Sobrinho
A Associação dos Policiais Militares Portadores de Deficiência do Estado de São Paulo (APMDFESP) comemorou 25 anos de vida no dia 29 de janeiro.
A história da APMDFESP emociona a todos, mas principalmente àqueles que estão há mais tempo na luta pelos direitos do policial militar portador de deficiência, como o presidente da instituição, Antonio Figueiredo Sobrinho, que em 13/08/1989, quando estava fora de serviço, foi atingido por uma bala perdida, tornando-se paraplégico.
Seu primeiro trabalho na APMDFESP foi como Diretor de Voluntários, depois exerceu o cargo de Secretário Geral e logo passou a Vice-Presidente. Em 17 de março de 2018, assumiu a presidência da entidade, que presta mais de 16 mil atendimentos anuais aos policiais militares e seus familiares, além de fornecimento de próteses, cadeiras de rodas e materiais hospitalares.

 

Antonio Figueiredo Sobrinho

A Associação dos Policiais Militares Portadores de Deficiência do Estado de São Paulo (APMDFESP) comemorou 25 anos de vida no dia 29 de janeiro.