Aliar técnicas da fisioterapia com o lúdico dos jogos eletrônicos pode acelerar o processo de reabilitação dos pacientes. Na APMDFESP, os profissionais realizam esse tipo de tratamento para beneficiar associados, como é o caso da menina Isabelle Ramos, de 10 anos, que tem paralisia cerebral. Ler mais