A APMDFESP lamenta e repudia o episódio de racismo sofrido, nesta terça-feira (9), pelo tenente-coronel Evanilson de Souza, nosso segurado. O PM participava de uma palestra virtual com estudantes da Universidade de São Paulo (USP) sobre o programa de combate ao racismo que desenvolve na corporação, quando um dos participantes escreveu ofensas.

A Entidade manifesta solidariedade ao policial e pede providências das autoridades no caso. “Situações assim não são mais toleradas. Lamentável que esse tipo de agressão ainda aconteça e com frequência. Repudiamos qualquer tipo de atitude racista ou discriminatória e expressamos solidariedade ao tenente-coronel”, disse o presidente, Antonio Figueiredo.

Em sua conta no Facebook, a Polícia Militar também afirmou “repudiar veementemente os ataques com ofensas raciais e mensagens de ódio praticadas contra o Tenente Coronel PMESP Evanilson de Souza”.

O oficial comanda o 11º Batalhão, localizado no centro da capital, e é membro do grupo revisor do Manual de Direitos Humanos da PM.