Durante esse período de quarentena,  os psicólogos da APMDFESP (Sede e Representações) aderiram à modalidade do atendimento online com os pacientes que já participavam das sessões presenciais. A medida, autorizada pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP), é uma forma de permitir que o associado continue com o tratamento e também cuide do emocional nessa fase difícil.

“Oferecemos a terapia online para pacientes com maior demanda e que já estavam em processo terapêutico. Os que se sentem à vontade fazem a sessão. Para esse tipo de atendimento, tanto o psicólogo quanto o paciente precisam de um ambiente reservado para garantir privacidade. É feita uma chamada de vídeo para os que não se incomodam com a câmera ou ligação telefônica”, explica uma das psicólogas da Sede, Selma Seles.

As sessões acontecem em data e horário previamente agendados com o paciente e duram entre 40 e 50 minutos. A equipe está atenta aos cuidados para preservar o sigilo e a privacidade dos associados.

Os terapeutas recomendam que as pessoas estabeleçam boas rotinas nesse período de isolamento, como ler livros, assistir filmes/séries, manter contato com a família para que diminua a possibilidade de depressão e alteração do estado emocional e consigam passar por esse momento com mais tranquilidade.

A APMDFESP pede compreensão de todos para que fiquem em casa. É importante seguir as orientações do Ministério da Saúde para tentar conter a disseminação do Coronavírus.