Abrão Dib

A Entidade enviou, nesta quinta-feira (19), ofícios ao Governador e Secretário de Segurança Pública, João Doria e General João Camilo Pires de Campos, respectivamente, apontando que EPIs – Equipamento de Proteção Individual sejam disponibilizados no ambiente de trabalho de todos os Policiais Militares.

Nos documentos, o Soldado PM Antonio Figueiredo Sobrinho afirma que “nossos Companheiros são os únicos funcionários do Estado que estão em linha de frente, ininterruptamente”.

O EPI é toda ferramenta ou produto, que tem por finalidade garantir a saúde e proteção do trabalhador, evitando assim consequências graves caso este sofra algum tipo de acidente em seu posto de trabalho. “Hoje, nossos Companheiros necessitam de luvas, álcool em gel e máscaras. Entendemos que esses materiais precisam estar disponíveis nas viaturas e em todas as Unidades da Corporação, pois atuamos no receptivo, não podendo, portanto, escolher qual ocorrência ou cidadão que devemos ou não atender”, destaca o presidente da Associação.

Ainda nos documentos, Figueiredo diz que “nossos Policiais poderão – em necessário – intervir junto a pessoas que portam o Novo Coronavírus e rejeitem atendimento médico/hospitalar. Serão nossos PMs que terão esse enfrentamento ,e hoje, sem os equipamentos acima solicitados, serão alvos fáceis de passarem a portar tal vírus. Não trata-se de investimento. Trata-se de manutenção da saúde de um enorme contingente que está nas ruas ininterruptamente”, conclui.