Atenção: mantenha sua mensalidade em dia. Clique aqui e saiba mais.

APMDFESP participou de manifestação que parou Marginal Tietê nesta quarta-feira (05/02)

 Veja fotos da manifestação Clique na imagem para ver mais fotos

 

Havia cerca de 70 pessoas na manifestação que parou  o trânsito, na Marginal Tietê, às 13h e às 15h, ontem (05/02). Entre elas, membros da diretoria e associados da APMDFESP.  Vários links ao vivo foram transmitidos do local em jornais da cidade e nacionais.

O grupo se reuniu em frente à Escola Superior de Sargentos (Av. Condessa Elisabeth de Robiano, 750, no Tatuapé).  Policiais militares veteranos e familiares  estiveram presentes no ato que pedia, além de investigação das mortes de policiais ocorridas no início do ano, melhorias salariais.

“Esse é um ato contra a execução de policiais. Já são 16 policiais mortos em 35 dias do ano. é o maior número de policiais  mortos em qualquer país do mundo, não só contabilizando o estado de São Paulo”, disse Major Olimpio.

“Outro assunto importante também é salário do policial militar. Se não conseguirmos a inclusão do aumento da PM no orçamento até abril, não teremos aumento esse ano”, disse o Sargento Elcio Inocente.

O deputado estadual Major Olimpio discursou no evento assim como o presidente da APMDFESP, Elcio Inocente.  Depois dos primeiros discursos, o grupo , munido de faixas e cruzes, ocupou todas as faixas das três pistas  da marginal, ao mesmo tempo.  A ocupação total era interrompida para liberar algumas faixas em alguns momentos.

Veja mais notícias sobre a manifestação:

SPTV 2ª ediçao: Parentes e amigos de policiais militares fazem dois protestos contra morte de policiais

G1: Manifestantes fazem protesto em pista da Marginal Tietê

UOL: Parentes de PMs fazem ato e fecham pistas da Marginal Tietê em SP

Estadão: Manifestação interdita a Marginal tietê no sentido Ayrton Senna

 

APMDFESP participa de mobilização para aumento de salários de policiais militares nesta quarta-feira (05/02)

 

Presidente da APMDFESP,  Elcio Inocente, reunirá diretores e associados na entidade, na quarta-feira (05/02) e depois o grupo segue para a Escola Superior de Sargentos

Presidente da APMDFESP, Elcio Inocente, reunirá diretores e associados na entidade, na quarta-feira (05/02), na sede da entidade e depois o grupo segue para a Escola Superior de Sargentos

A Associação dos Policiais Militares Portadores de Deficiência do Estado de São Paulo reunirá sua diretoria e associados para participar da manifestação que ocorrerá em frente da Escola Superior de Sargentos (Av. Condessa Elisabeth de Robiano, 750, no Tatuapé), nesta quarta-feira (05/02). “O governo não tem previsão orçamentária para aumento na Polícia Militar esse ano e nós estamos pleiteando melhorias nos salários”, comentou Elcio Inocente, presidente da APMDFESP.   O presidente pede a todos que se reúnam na sede da entidade, às 11h, de onde o grupo sairá para a Escola Superior de Sargentos.