Atenção: mantenha sua mensalidade em dia. Clique aqui e saiba mais.

Edital de convocação

O presidente da APMDFESP, Elcio Inocente,  convoca os associados da Entidade para Assembleia Geral Ordinária, a ser realizada na sede, no dia 14 de junho de 2017. Ordem do dia: apreciação, discussão e aprovação do balanço anual do exercício de 2016 da APMDFESP. Leia, abaixo, o edital na íntegra.

edital edit

Leia também:

Consulte a tabela completa de vencimentos com base na Lei Complementar 1249/2014

Leia entrevista do único PM inocentado no julgamento dos policiais acusados de assassinato após perseguição no Butantã; Soldado foi defendido por advogados da APMDFESP

Processo de PM que atirou em camelô na Lapa é arquivado; policial foi defendido pelos advogados da APMDFESP

Conheça os benefícios do departamento jurídico da APMDFESP que  se estendem aos dependentes do associado

Balanço Geral, da Record, exibe matéria sobre bombeiro associado da APMDFESP que foi infectado por bactéria em resgate de corpos

SP no Ar, da Rede Record, exibe matéria sobre a APMDFESP

Advogados da APMDFESP ganham processo e Cabo PM acusado de duplo homicídio é inocentado; a pena seria de 40 anos caso fosse considerado culpado pelo júri

Jurídico ganha ação do GAP para associado: ” Valeu muito a pena ver reconhecido um direito que é nosso”

Saiba como entrar com ação individual para receber recomposição das perdas havidas com a conversão da URV

Conheça todos os benefícios que a APMDFESP oferece aos associados

 

SBT Brasil exibe matéria sobre situação financeira de PMs; presidente da APMDFESP foi entrevistado e relatou que policiais na ativa têm recorrido à entidade para conseguir cestas básicas

Elcio 1

Presidente Elcio Inocente deu entrevista ao SBT Brasil que abordou as dificuldades econômicas pelas quais passam os PMs

 

Em matéria com mais de seis minutos, veiculada na noite de ontem (22/03),  pelo SBT Brasil, foi abordada a difícil situação financeira do Policial Militar do Estado de São Paulo. De acordo com a reportagem, o Estado mais rico e populoso do país investe  R$ 20 bilhões por ano em segurança pública, mas o salário inicial de um PM é pouco mais de R$ 2 mil.  Os jornalistas Vanderley Miranda, Thaís Nunes e Cristina Christiano mostraram as consequências de ordenados tão baixos. Entre eles, a impossibilidade de pagar dívidas, necessidade de fazer bicos e o cansaço que influenciam na atuação desse profissional.

O presidente da APMDFESP, Elcio Inocente, foi um dos entrevistados e falou dos policiais na ativa que recorrem à entidade, muitas vezes constrangidos, para conseguir cesta básica pois não têm recursos para conseguir alimentar suas famílias. A segunda parte da matéria está prevista para ir ao ar amanhã (24/03), a partir das 19h45. Clique aqui para ver a matéria na íntegra.

Leia também:

Consulte a tabela completa de vencimentos com base na Lei Complementar 1249/2014

Leia entrevista do único PM inocentado no julgamento dos policiais acusados de assassinato após perseguição no Butantã; Soldado foi defendido por advogados da APMDFESP

Processo de PM que atirou em camelô na Lapa é arquivado; policial foi defendido pelos advogados da APMDFESP

Conheça os benefícios do departamento jurídico da APMDFESP que  se estendem aos dependentes do associado

Balanço Geral, da Record, exibe matéria sobre bombeiro associado da APMDFESP que foi infectado por bactéria em resgate de corpos

SP no Ar, da Rede Record, exibe matéria sobre a APMDFESP

Advogados da APMDFESP ganham processo e Cabo PM acusado de duplo homicídio é inocentado; a pena seria de 40 anos caso fosse considerado culpado pelo júri

Jurídico ganha ação do GAP para associado: ” Valeu muito a pena ver reconhecido um direito que é nosso”

Saiba como entrar com ação individual para receber recomposição das perdas havidas com a conversão da URV

Conheça todos os benefícios que a APMDFESP oferece aos associados

 

1º Encontro de Prevenção ao Suicídio aborda a necessidade de se discutir esse tema

Policiais de todos os segmentos e profissionais de saúde participam, na próxima sexta-feira (24/03), do 1º Encontro de Prevenção ao Suicídio,que acontecerá   no auditório da Polícia Federal (R. Hugo D’Antola, 95 – Lapa de Baixo), às 9 horas. O evento tem a iniciativa do Sindicato dos Policiais Federais em São Paulo (Sindpolf/SP), em parceria com a Superintendência Regional da Polícia Federal no Estado de São Paulo (SR/PF/SP) e Centro de Valorização da Vida (CVV).

Pesquisa da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) aponta que entre 1999 e 2015 houve 42 casos de suicídio entre policiais federais. Mais da metade ocorreu no período que vai de 2010 e 2015,  com 24 suicídios e sete tentativas. Além destes números na PF, há também casos em outros segmentos policiais.

O suicídio é um problema de ordem mundial. No Brasil, dados do Ministério da Saúde apontam que a média brasileira é de seis a sete mortes por 100 mil habitantes, com uma morte a cada 45 minutos. Segundo a Organização Mundial da Saúde, 90% dos casos de suicídio poderiam ser prevenidos se a sociedade deixasse o preconceito de lado. Ou seja, é  necessário falar sobre o assunto.

Especialistas e temas

 Marco Alexandre Franco Ribeiro

 Formado em Medicina pela Unifesp, fez Psiquiatria e curso de especialização em Psicoterapia de Orientação Psicanalítica. Tem título de especialista em psiquiatria pela Associação Brasileira de Psiquiatria. É médico psiquiatra da Superintendência da Polícia Federal em São Paulo.

Tema: “Noções gerais sobre Suicídio”.

Robert Gellert Paris Jr.

Presidente do Centro de Valorização da Vida (CVV), entidade que atua gratuitamente na prevenção do suicídio há 55 anos. É também vice-presidente da ABEPS – Associação Brasileira para Estudos e Prevenção do Suicídio e diretor de Befrienders Worldwide.

Tema:  ”Falar é a melhor solução”.

Ruth Lasas Long- Psicóloga formada em 1982, pelo Instituto Paulista de Psicologia, com Especialização nas áreas de Avaliação Psicológica, Superação de Fobias e Medo de dirigir. Credenciada pela PF desde 1998 e pelo DETRAN de São Paulo desde 1996, atua como Professora de Avaliação Psicológica e Psicodiagnóstico no Curso de Pós Graduação da UNIP, Centro de Estudos Avançado do Trânsito (CEAT) e Grupo Desenvolver.

Tema: “A importância da avaliação psicológica na liberação da arma de fogo”.

INFORMAÇÕES: SINDPOLF/SP E CVV

SINDPOLF/SP:Katy Fabruzzi(011) 98232-56053617-4790, jornalista_katy@hotmail.com

CVV- André Lorenzetti; (011) 98199-8445;  andre.lorenzetti@lvba.com.br

suicídio