((((( Perguntas Frequentes )))))

Encontre aqui as perguntas mais comuns e suas respectivas respostas!


ATENÇÃO ASSOCIADOS: UMA REDE DE VANTAGENS E DESCONTOS JÁ ESTÁ À SUA DISPOSIÇÃO!

A APMDFESP acaba de fechar uma parceria com um Clube de Descontos e Benefícios que oferece a todos os nossos associados descontos de 10 a 60% em inúmeros produtos e benefícios, sem que o quadro associativo tenha nenhum custo adicional na mensalidade para desfrutar dessas vantagens.

Basta acessar o portal e usufruir dos descontos e promoções das milhares de empresas dos setores de lazer, cultura, turismo, esportes, tecnologia, vestuário, eletrodomésticos, acessórios, serviços e muito mais. O portal é atualizado constantemente e os descontos e promoções vão trazer muitas surpresas para o associado e toda a família. Acesse já o portal! http://www.beneficiosevantagens.com.br/apmdfesp
Home PM envolvido no caso da morte de travesti e defendido por advogados da APMDFESP ganha liberdade provisória
« Home »
26 jun, 2015 Comentários desativados em PM envolvido no caso da morte de travesti e defendido por advogados da APMDFESP ganha liberdade provisória

PM envolvido no caso da morte de travesti e defendido por advogados da APMDFESP ganha liberdade provisória

Tags
Plurk
Share this

O Soldado Diego Mendes, envolvido no caso da morte de David Laurentino Araújo, travesti que usava o nome social de Laura Vermont, está em
liberdade provisória desde ontem (24/06). Ele está sendo defendido por Fernando Capano, responsável pelo departamento jurídico da APMDFESP. Junto com o Sargento Ailton de Jesus, o policial é suspeito de mentirsobre a morte de Laura e acusado de fraude processual e falso testemunho.

Na primeira versão dos fatos, o travesti teria  sido agredido e esfaqueado por outro e, após os PMs chegarem ao local da ocorrência, Laura teria entrado na viatura, batido em um muro, saído do carro e, depois, atropelada por um ônibus, o que a teria levado à morte. No entanto, surgiu uma versão diferente do fato.

“Diego se omitiu num primeiro momento na delegacia porque o condutor principal da ocorrência estava hierarquicamente acima dele. E, quando teve a oportunidade, deu seu relatório a um oficial. Mas já  está havendo uma investigação que vai apurar como tudo se deu. O importante é que ele está em liberdade e poderá responder ao processo trabalhando, no seio da sua família”, comentou Fernando Capano.

Leia também:

Processo de PM que atirou em camelô na Lapa é arquivado; policial foi defendido pelos advogados da APMDFESP

Advogado da APMDFESP defende PM que atirou em camelô na Lapa

Advogado da APMDFESP consegue liberdade provisória para PM que atirou em camelô na Lapa

Nota de esclarecimento: advogados da APMDFESP foram os responsáveis pela defesa e pedido de liberdade provisória do PM que atirou em  camelô na Lapa

Conheça os benefícios do departamento jurídico da APMDFESP que  se estendem aos dependentes do associado

Balanço Geral, da Record, exibe matéria sobre bombeiro associado da APMDFESP que foi infectado por bactéria em resgate de corpos

SP no Ar, da Rede Record, exibe matéria sobre a APMDFESP

Advogados da APMDFESP ganham processo e Cabo PM acusado de duplo homicídio é inocentado; a pena seria de 40 anos caso fosse considerado culpado pelo júri

Jurídico ganha ação do GAP para associado: ” Valeu muito a pena ver reconhecido um direito que é nosso”

Saiba como entrar com ação individual para receber recomposição das perdas havidas com a conversão da URV

Assassinato do Cabo PM Spencer é noticiado em telejornais 

Conheça todos os benefícios que a APMDFESP oferece aos associados

“O suporte da APMDFESP foi muito importante na minha vida”

“Se não fosse a associação, hoje estaria na cama e não aqui

“Vale a pena a gente ser sócio da APMDFESP”

Representação da Zona Oeste inaugura espaço destinado à fisioterapia

Alckmin sanciona lei que amplia poder de fiscalização de bombeiros

Ciaf divulga tabela completa de vencimentos com base na Lei Complementar 1249/2014

 

Comments are closed.