Atenção: mantenha sua mensalidade em dia. Clique aqui e saiba mais.
Home Processo de PM que atirou em camelô na Lapa é arquivado; policial foi defendido pelos advogados da APMDFESP
« Home »
14 abr, 2015 Comments: 1

Processo de PM que atirou em camelô na Lapa é arquivado; policial foi defendido pelos advogados da APMDFESP

Tags
Plurk
Share this
Fernando Capano, da Capano, Passafaro Advogados Associados é o responsável pelo Departamento Jurídico da APMDFESP,  acompanhou o flagrante do Soldado PM Henrique Dias Bueno de Araujo para depois despachar com dois juízes e pedir sua liberdade

Fernando Capano, da Capano, Passafaro Advogados Associados é o responsável pelo Departamento Jurídico da APMDFESP e acompanhou o flagrante do Soldado PM Henrique Dias Bueno de Araujo para depois despachar com dois juízes e pedir sua liberdade

No último dia 27 de março, Eliana Cassales Tosi de Mello, juíza de direito da 5ª Vara do Júri, determinou o arquivamento do processo movido contra o Soldado PM  Henrique Dias Bueno de Araújo. O policial matou o camelô Carlos Augusto Muniz em 18 de setembro, na Lapa, durante operação da PM para combater a venda de produtos ilegais.  Carlos Augusto tentou tirar o spray de pimenta que o soldado segurava em uma das mãos no momento em que prendia outro camelô com mais dois PMs. O soldado PM reagiu e o ambulante foi atingido por um tiro.

A defesa do PM foi feita pelos advogados Fernando Capano (responsável pelo departamento jurídico da APMDFESP) e Renato Marques. Ambos deram suporte ao policial desde o flagrante e sua detenção no Presídio Romão Gomes até o arquivamento do processo. “Do meu ponto de vista,  achei que ele poderia até ser denunciado. Mas o promotor entendeu que não era o caso, assim como a magistrada. Nos preparamos para o pior,  mas graças a Deus, o melhor aconteceu”, comentou Fernando Capano.

“Me sinto aliviado, tranquilo por saber do arquivamento. A gente sai para trabalhar, mas nunca pensa que vai precisar de um advogado no fim do dia como aconteceu comigo. A APMDFESP me deu o único suporte que tive desde o primeiro momento”, comentou o Soldado PM Henrique Dias Bueno de Araujo. “O Praxedes, representante da Zona Oeste, me ligou no mesmo dia da ocorrência e ainda conversou com minha família, foi fora do comum. O doutor Fernando me deu todo o amparo jurídico e minha noiva teve o apoio psicológico na associação. Eu não tenho palavras para agradecer”, concluiu.

Saiba mais sobre a defesa do Soldado PM Henrique Dias Bueno de Araújo clicando nas matérias abaixo:

Advogado da APMDFESP defende PM que matou camelô na Lapa

Advogado da APMDFESP consegue liberdade provisória para PM que matou camelô na Lapa

Nota de esclarecimento: advogados da APMDFESP foram os responsáveis pela defesa e pedido de liberdade provisória do PM que matou camelô na Lapa

Leia também:

Conheça os benefícios do departamento jurídico da APMDFESP que  se estendem aos dependentes do associado

Balanço Geral, da Record, exibe matéria sobre bombeiro associado da APMDFESP que foi infectado por bactéria em resgate de corpos

SP no Ar, da Rede Record, exibe matéria sobre a APMDFESP

Advogados da APMDFESP ganham processo e Cabo PM acusado de duplo homicídio é inocentado; a pena seria de 40 anos caso fosse considerado culpado pelo júri

Jurídico ganha ação do GAP para associado: ” Valeu muito a pena ver reconhecido um direito que é nosso”

Saiba como entrar com ação individual para receber recomposição das perdas havidas com a conversão da URV

Assassinato do Cabo PM Spencer é noticiado em telejornais 

Conheça todos os benefícios que a APMDFESP oferece aos associados

“O suporte da APMDFESP foi muito importante na minha vida”

“Se não fosse a associação, hoje estaria na cama e não aqui

“Vale a pena a gente ser sócio da APMDFESP”

Representação da Zona Oeste inaugura espaço destinado à fisioterapia

Alckmin sanciona lei que amplia poder de fiscalização de bombeiros

Ciaf divulga tabela completa de vencimentos com base na Lei Complementar 1249/2014

 

 

 

 

 

 

Comments

( 1 )
  1. antonio josé abr 14th, 2015 20:59

    parabéns ao pessoal da APMDFESP, por não desampararem esse irmão de farda, já não estou na ativa, mas ainda me preocupo pelos amigos que ainda estão na ativa, andando em cima da corda bamba, muito obrigado por ajudarem esse garoto, fiquem com Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>