((((( Perguntas Frequentes )))))

Encontre aqui as perguntas mais comuns e suas respectivas respostas!


ATENÇÃO ASSOCIADOS: UMA REDE DE VANTAGENS E DESCONTOS JÁ ESTÁ À SUA DISPOSIÇÃO!

A APMDFESP acaba de fechar uma parceria com um Clube de Descontos e Benefícios que oferece a todos os nossos associados descontos de 10 a 60% em inúmeros produtos e benefícios, sem que o quadro associativo tenha nenhum custo adicional na mensalidade para desfrutar dessas vantagens.

Basta acessar o portal e usufruir dos descontos e promoções das milhares de empresas dos setores de lazer, cultura, turismo, esportes, tecnologia, vestuário, eletrodomésticos, acessórios, serviços e muito mais. O portal é atualizado constantemente e os descontos e promoções vão trazer muitas surpresas para o associado e toda a família. Acesse já o portal! http://www.beneficiosevantagens.com.br/apmdfesp
Home Advogados da APMDFESP ganham processo para pagamento do ALE em grau máximo, independente da lotação ou patente, para grupo de policiais em atividade
« Home »
7 abr, 2015 Comentários desativados em Advogados da APMDFESP ganham processo para pagamento do ALE em grau máximo, independente da lotação ou patente, para grupo de policiais em atividade

Advogados da APMDFESP ganham processo para pagamento do ALE em grau máximo, independente da lotação ou patente, para grupo de policiais em atividade

Tags
Plurk
Share this

 

Os profissionais que atuam no departamento jurídico da APMDFESP ganharam ação que prevê pagamento do Adicional do Local de Exercício (ALE) em grau máximo para um grupo de policiais que estão na ativa. “O processo foi ganho no Tribunal de Justiça. As chances de reverter esse quadro em Brasília é muito pequena”, comentou Fernando Capano, sócio da Capano, Passafaro Advogados Associados, empresa responsável pela gestão do Departamento e que acrescentou que havia duas discussões sobre esse adicional:  se poderia ser considerado salário e, portanto, extensivo aos inativos e se a diferenciação entre patentes era legal. “Nós defendemos a tese de que o adicional tinha natureza jurídica estritamente salarial e, como não havia requisito de especialidade, o pagamento deveria ser uniforme, em grau máximo, para todos os policiais, independente de serem lotados na capital, interior ou em razão de suas respectivas patentes”, comentou o advogado. O número do processo é 0061311-13.2012.8.26.0053 e pode ser acessado pelo site www.tjsp.jus.br.

 

Leia também:

SP no Ar, da Rede REcord, exibe matéria sobre a APMDFESP

Jurídico ganha ação do GAP para associado: ” Valeu muito a pena ver reconhecido um direito que é nosso”

Assassinato do Cabo PM Spencer é noticiado em telejornais 

Conheça todos os benefícios que a APMDFESP oferece aos associados

“O suporte da APMDFESP foi muito importante na minha vida”

“Se não fosse a associação, hoje estaria na cama e não aqui

“Vale a pena a gente ser sócio da APMDFESP”

Saiba como entrar com ação individual para receber recomposição das perdas havidas com a conversão da URV

Advogado da APMDFESP consegue liberdade provisória para PM que matou camelô na Lapa

Representação da Zona Oeste inaugura espaço destinado à fisioterapia

Alckmin sanciona lei que amplia poder de fiscalização de bombeiros

Advogados da APMDFESP ganham processo e Cabo PM acusado de duplo homicídio é inocentado; a pena seria de 40 anos caso fosse considerado culpado pelo júri

Ciaf divulga tabela completa de vencimentos com base na Lei Complementar 1249/2014

 

Comments are closed.