((((( Perguntas Frequentes )))))

Encontre aqui as perguntas mais comuns e suas respectivas respostas!


ATENÇÃO ASSOCIADOS: UMA REDE DE VANTAGENS E DESCONTOS JÁ ESTÁ À SUA DISPOSIÇÃO!

A APMDFESP acaba de fechar uma parceria com um Clube de Descontos e Benefícios que oferece a todos os nossos associados descontos de 10 a 60% em inúmeros produtos e benefícios, sem que o quadro associativo tenha nenhum custo adicional na mensalidade para desfrutar dessas vantagens.

Basta acessar o portal e usufruir dos descontos e promoções das milhares de empresas dos setores de lazer, cultura, turismo, esportes, tecnologia, vestuário, eletrodomésticos, acessórios, serviços e muito mais. O portal é atualizado constantemente e os descontos e promoções vão trazer muitas surpresas para o associado e toda a família. Acesse já o portal! http://www.beneficiosevantagens.com.br/apmdfesp

Advogados da associação saem vitoriosos e Cabo PM recebe indenização da Cosesp

 

daniel gomes dos santos

Cabo PM Daniel Gomes dos Santos Junior entre o presidente Elcio Inocente e o advogado Fernando Capano

“Sou associado desde 2000. Achei que essa era uma entidade muito responsável, que ajuda o policial militar. E dá sempre assistência independente da graduação. A primeira vez que precisei foi para meu pai. Ele teve diabetes e perdeu o movimento das pernas. Depois precisei do Jurídico para receber licença-prêmio há quatro anos. Essa causa foi ganha como a de hoje,  contra a Cosesp. Em 2005 eu estava na Rocam e fui dar apoio a outro PM, mas tive uma queda de moto que resultou em traumatismo craniana e fratura no braço. Me aposentei mas a Cosesp não quis pagar dizendo que eu não tinha direito sendo que estava em serviço e com moto da Rocam. Em 2007 entrei com ação e eles recorreram tudo o que podiam. Após nove anos de processo, recebi agora. Me sinto como se tivesse sido feito justiça, finalmente. Estou ganhando um direito que é meu. E é por isso que recomendo sempre o Jurídico da associação. Vale muito a pena. Os advogados sempre davam retorno de três em três meses sobre como estava a situação.”

Cabo PM Daniel Gomes dos Santos Junior

Associado consegue licença-prêmio através de ação judicial

Sargento PM Leonildo Pa D´Arco

Sargento PM Leonildo Pa D´Arco

“Quando reformei tinha direito a três meses de licença-prêmio que não me pagaram na época. Acabei reformando e não pude tirar. A única alternativa foi através de ação judicial. Sou associado desde a época da fundação e foi a primeira vez que usei, em 2007. Mas já consegui muletas quando engessei o joelho, por exemplo. Recomendo a todos que se associem como forma de ajudar outros PMs. Mas a gente também acaba tendo benefícios como eu, que pensei primeiro em auxiliar outros irmãos de farda.”

Sargento PM Leonildo Pan D´Arco

 

APMDFESP aperfeiçoa estratégia jurídica e ajuíza ações coletivas em nome da Entidade

APMDFESP pede à Secretaria Especial de Direitos Humanos do Ministério da Justiça e Cidadania respeito aos direitos humanos dos Policiais Militares

Presidente da APMDFESP se reúne com secretário de Segurança Pública, Comandante da PM e  entidades representativas para discutir aumento de salário para policiais militares 

Jurídico ganha ação para associado do qual Estado cobrava R$ 120 mil por acidente com viatura

Jurídico APMDFESP ajuíza mandado de segurança e juiz determina liminarmente pagamento imediato de indenização a associado acidentado ‘in itinere’

Guarulhos: saiba o que a nova representação oferece e horários de atendimento

Conheça os horários de funcionamento e as áreas atendidas pelo departamento jurídico na sede e representações 

Comandante do 3º BPM/M agradece apoio da APMDFESP à família de PM morto em acidente

Veja entrevista do presidente da APMDFESP para a TV Guarulhos

 Batalhão Humaitá doa cheque de R$ 5 mil para APMDFESP

APMDFESP inaugura  representação em Guarulhos

 

“Os profissionais da entidade são muito experientes e atenciosos”

 

Soldado PM Renata Aparecida Dantas durante fisioterapia, ao lado da Doutora Silvia Rodrigues

Soldado PM Renata Aparecida Dantas durante fisioterapia, sob o olhar atento da Doutora Silvia Rodrigues

“Entrei na PM em 2012 3 sofri um acidente de carro In Itinere em 2014. Foi um engavetamento na rodovia Ayrton Senna que resultou na fratura do meu quadril esquerdo e dissecção da carótida direita. Isso me levou a um AVC isquêmico e prejudicou meu lado esquerdo,  que ficou paralisado. Fiquei duas semanas em coma e quase dois meses internada. Me associei à APMDFESP ainda na escola, depois de ver uma palestra. Entrei para ajudar os outros porque nunca pensei que poderia estar nessa situação. Recebi da associação cama hospitalar, fraldas, cadeira de banho e de rodas, bengala de quatro pontas, colchão pneumático. Faço fisioterapia aqui há mais ou menos quatro meses com a doutora Silvia Rodrigues e tem sido ótimo. Também passei pela fonoaudióloga (Regina Veleiro), terapeuta ocupacional (Kassia Almeida), acupuntura (feita por Elisa Henna) e equoterapia.  Aliás, não tenho palavras para descrever como a equoterapia ajuda no equilíbrio, na função motora e a independência que dá. Tenho sentido muita melhoria principalmente na mão. Recomendo  a fisioterapia da entidade. Os profissionais da entidade são muito experientes e atenciosos.”

Soldado PM Renata Aparecida Dantas