Atenção: mantenha sua mensalidade em dia. Clique aqui e saiba mais.

Prevenção do Suicídio é tema de seminário na PF; 26 policiais federais se mataram nos últimos cinco anos

O Sindicato dos Servidores da Polícia Federal no Estado de São Paulo (SINDPOLF/SP), em parceria com a Superintendência Regional da Polícia Federal no Estado de São Paulo (SR/PF/SP) e com o Centro de Valorização da Vida (CVV), realizará o “1º Encontro de Prevenção do Suicídio”, no auditório da PF, das 9 às 12 horas. Dividido em duas sextas (17 e 24 de Março,  respectivamente), o evento contará com a participação de profissionais conhecidos e respeitados. O objetivo do evento é abordar o assunto abertamente, com informações de especialistas que podem ajudar na prevenção.

Pesquisa da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) aponta que o número de suicídios na PF alcançou a triste marca de 26 policiais em cinco anos. Proporcionalmente, segundo a OMS, em grupos de 100.000 habitantes, o Brasil ocupa o 111º lugar no mundo, mas, tomando somente os casos da Polícia Federal, ela ocuparia a 11ª posição mundial e 3ª maior taxa das Américas. Se considerarmos somente os servidores ativos, a posição seria a 7ª no mundo.

Por esse motivo, o SINDPOLF/SP entrou em contato com a Superintendência Regional da PF e com o CVV que, alarmados com a situação, apoiaram a iniciativa do Sindicato por um seminário que informe e oriente os colegas.

 Por que participar?

A informação é a verdadeira ferramenta de prevenção do suicídio. Quanto mais soubermos e identificarmos seus sinais, maior será a probabilidade de ajudarmos um colega, familiar ou até nós mesmos no tratamento de problemas psicoemocionais e resolução dos problemas.
Saiba mais neste link para matéria especial desenvolvida no PORTALSP.

 Sobre os palestrantes, temas e datas do Seminário:

Rodrigo Assumção

Formado em Medicina, possui três especializações: em Psiquiatria, em Hebiatria (alterações típicas da adolescência) e em Dependência Química. Formado também em Ciências da Religião, é autor de três livros. Desenvolve projetos na África com crianças carentes e também com dependentes químicos em Joinville/SC.

Tema:  “ Deus, uma terapia alternativa”.

 


Roberto Tonanni de Campos Mello

Médico psiquiatra, atua na Superintendência em São Paulo. Formado pela PUC Sorocaba, tem especialização em Saúde Pública pela Faculdade de Higiene e Saúde Pública da USP e também em psicanálise pelo Instituto Sedes Sapientiae.

Tema: “ P.I.C- Pergunte, Se Importe e Conduza”.

Marco Alexandre Franco Ribeiro

Formado em Medicina pela Unifesp, fez Psiquiatria e curso de especialização em Psicoterapia de Orientação Psicanalítica. Tem título de especialista em psiquiatria pela Associação Brasileira de Psiquiatria. É médico psiquiatra da Superintendência da Polícia Federal em São Paulo.

Tema: : “Noções gerais sobre Suicídio”.

 


Robert Gellert Paris Jr.

Presidente do Centro de Valorização da Vida (CVV), uma das entidades mais conhecidas na prevenção do suicídio. É também vice-presidente da ABEPS – Associação Brasileira para Estudos e Prevenção do Suicídio e diretor de Befrienders Worldwide.

Tema: “Falar é a melhor solução”.

 


Ruth Lasas Long

Psicóloga formada em 1982, pelo Instituto Paulista de Psicologia, com Especialização nas áreas de Avaliação Psicológica, Superação de Fobias e Medo de dirigir. Credenciada pela PF desde 1998 e pelo DETRAN de São Paulo desde 1996, atua como Professora de Avaliação Psicológica e Psicodiagnóstico no Curso de Pós Graduação da UNIP, Centro de Estudos Avançado do Trânsito (CEAT) e Grupo Desenvolver. Tambémé  credenciada pela Superintendência Regional da Polícia Federal em São Paulo.

Tema:  “A importância da avaliação psicológica na liberação da arma de fogo”

Fonte: SINDPOLF/SP

 

 

Desfile da APMDFESP arranca aplausos do público presente no Anhembi em 7 de setembro; veja os melhores momentos

DSCN4282

O presidente Elcio Inocente, diretores e associados da APMDFESP logo após o desfile em que a associação foi muito aplaudida pelo público

O público que lotou as arquibancadas do Sambódromo do Anhembi, na quarta-feira (07/09), aplaudiu demoradamente o desfile do grupo da APMDFESP. O evento comemorou os 194 anos da independência do Brasil, começou às 9h30 e teve a participação de oito mil pessoas na parada.

Entre os cadeirantes que participaram da comemoração estavam associados e a diretoria da APMDFESP. Eles contaram com o apoio de Soldados de Segunda Classe do CPAM-5 e da Escola Superior de Soldados “Coronel PM Eduardo Assumpção” para desfilar no Sambódromo. Logo após o desfile dos membros da associação veio o grupo de crianças e adolescentes, filhos dos associados fardados.

A segurança esse ano estava mais rígida e os fotógrafos que nos anos anteriores podiam acompanhar os que desfilavam durante o trajeto só puderam fazer imagens dos participantes antes do desfile, na concentração e na chegada, na dispersão.

Antes do desfile os participantes se encontraram na concentração

Antes do desfile os participantes se encontraram na concentração

DSCN4146

Antonio Figueiredo (vice-presidente, o segundo a partir da direita) esteve presente junto com outros membros da diretoria e associados que contaram com o apoio dos Soldados de Segunda Classe do CPAM-5 e da ESSd

DSCN4148

O grupo da APMDFESP aguarda o momento de se posicionar para o desfile

DSCN4158

DSCN4161

 

DSCN4163

Vários pais levaram seus filhos fardados para o desfile

Vários pais levaram seus filhos fardados para o desfile

O Soldados de Segunda Classe durante a execução do Hino Nacional

O Soldados de Segunda Classe durante a execução do Hino Nacional

Soldado PM Sá orgulhoso com seus filhos pouco antes do desfile

Soldado PM Sá orgulhoso com seus filhos pouco antes do desfile

DSCN4196

O grupo da APMDFESP momentos antes de entrar no Sambódromo e ser

O grupo da APMDFESP momentos antes de entrar no Sambódromo e ser

DSCN4206

 

DSCN4213

 

DSCN4219

 

DSCN4231

DSCN4234

As crianças fardadas ao lados dos pais fecharam o desfile da APMDFESP