Atenção: mantenha sua mensalidade em dia. Clique aqui e saiba mais.

Destaques


Medalha Eterno Guerreiro

Eterno Guerreiro

 

A APMDFESP, todos os anos, presta homenagens a diferentes representantes da sociedade que, direta ou indiretamente, demonstram a importância de valorizar os portadores de deficiência. Leia mais »

HOLERITE

➜ Diretoria de Finanças e Patrimônio – Centro Integrado de Apoio Financeiro
pol_mil
Polícia Militar do Estado de São Paulo

acesse aqui [+]

➜ Autoatendimento para beneficiários

SPPREV - Voltar ao início

São Paulo Previdência

 acesse aqui [+]

Conheça a equoterapia, benefício que a APMDFESP disponibiliza para associados e seus dependentes

equo

Andar a cavalo pode proporcionar mais que prazer. É também uma ótima terapia para pessoas que tenham necessidades especiais. E  alguns dos pacientes da APMDFESP se beneficiam das sessões de equoterapia, que acontecem no Regimento de Polícia Montada 9 de Julho, que é uma das mais tradicionais unidades da Polícia Militar. Essa parceria tem sido muito bem-sucedida e, desde o início do ano, uma nova turma tem percebido o quanto a interação com esses animais pode contribuir para melhorar a qualidade de vida.

Uma vez por semana, associados e seus dependentes se dirigem à região da Luz, no centro de São Paulo, onde fica o Regimento, para ter esse contato com os animais em um amplo espaço. Os profissionais especializados da associação ficam atentos ao que cada paciente precisa. Psicólogos, fisioterapeutas, psicopedagogas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogas acompanham cada caso junto com os profissionais da Polícia Militar que também auxiliam a equipe no controle dos animais.

“Cada paciente tem suas necessidades específicas e precisam de diferentes tipos de estímulo”, explica Daniel Borro, fisioterapeuta da APMDFESP,  que acrescenta que simulamos nosso caminhar quando estamos em cima de um cavalo em movimento.  “Nessa hora, automaticamente precisamos nos posicionar e isso estimula uma postura melhor”, comenta o profissional. Segundo ele, a terapia também aumenta a força dos membros superiores e inferiores e o equilíbrio.

Outro dado importante é que a terapia, feita com o auxílio de um animal em ambiente diferente e amplo, acaba se tornando lúdica e mais prazerosa. E o esforço para tentar interagir com o cavalo ajuda a aumentar a autoestima e a confiança do paciente. Ou seja: as melhoras são físicas e psíquicas em adultos e crianças.

Leia também:

APMDFESP pede à Secretaria Especial de Direitos Humanos do Ministério da Justiça e Cidadania respeito aos direitos humanos dos Policiais Militares

Presidente da APMDFESP se reúne com secretário de Segurança Pública, Comandante da PM e  entidades representativas para discutir aumento de salário para policiais militares 

Jurídico ganha ação para associado do qual Estado cobrava R$ 120 mil por acidente com viatura

Jurídico APMDFESP ajuíza mandado de segurança e juiz determina liminarmente pagamento imediato de indenização a associado acidentado ‘in itinere’

Guarulhos: saiba o que a nova representação oferece e horários de atendimento

Conheça os horários de funcionamento e as áreas atendidas pelo departamento jurídico na sede e representações 

Comandante do 3º BPM/M agradece apoio da APMDFESP à família de PM morto em acidente

Veja entrevista do presidente da APMDFESP para a TV Guarulhos

 Batalhão Humaitá doa cheque de R$ 5 mil para APMDFESP

APMDFESP inaugura  representação em Guarulhos

Processo de PM que atirou em camelô na Lapa é arquivado; policial foi defendido pelos advogados da APMDFESP

Advogado da APMDFESP defende PM que atirou em camelô na Lapa

Advogado da APMDFESP consegue liberdade provisória para PM que atirou em camelô na Lapa

Nota de esclarecimento: advogados da APMDFESP foram os responsáveis pela defesa e pedido de liberdade provisória do PM que atirou em  camelô na Lapa

Conheça os benefícios do departamento jurídico da APMDFESP que  se estendem aos dependentes do associado

Balanço Geral, da Record, exibe matéria sobre bombeiro associado da APMDFESP que foi infectado por bactéria em resgate de corpos

SP no Ar, da Rede Record, exibe matéria sobre a APMDFESP

Advogados da APMDFESP ganham processo e Cabo PM acusado de duplo homicídio é inocentado; a pena seria de 40 anos caso fosse considerado culpado pelo júri

Jurídico ganha ação do GAP para associado: ” Valeu muito a pena ver reconhecido um direito que é nosso”

Saiba como entrar com ação individual para receber recomposição das perdas havidas com a conversão da URV

Assassinato do Cabo PM Spencer é noticiado em telejornais 

Conheça todos os benefícios que a APMDFESP oferece aos associados

“O suporte da APMDFESP foi muito importante na minha vida”

“Se não fosse a associação, hoje estaria na cama e não aqui

“Vale a pena a gente ser sócio da APMDFESP”

Representação da Zona Oeste inaugura espaço destinado à fisioterapia

Alckmin sanciona lei que amplia poder de fiscalização de bombeiros

Queda de arrecadação do Estado impede aumento salarial para PMs; APMDFESP participou de reunião que discutiu, ontem, a questão com secretário de Segurança Pública

DSCN5360

O presidente Elcio Inocente (o primeiro à esquerda) na reunião com o secretário de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho

 

Nesta terça-feira (18/04), associações que integram a CERPM (Coordenadoria das Entidades Representativas dos Policiais Militares do Estado de São Paulo) se reuniram com o secretário da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho, para discussão de aumento para os policiais militares. O grupo propõe 15% para esse ano e mais 15% em 2018.

Entre os presentes estavam Elcio Inocente (presidente da APMDFESP), Cabo Wilson Morais (presidente da Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo e da CERPM), Subtenente PM Zanca (presidente estadual da Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar do Estado de São Paulo), Coronel PM Petinatto (presidente da Associação dos Oficiais da Polícia Militar do Estado de São Paulo), entre outros.

Também participou da reunião o assessor fiscal da Secretaria da Fazenda, André Luis Grotti Clemente que abordou a queda da arrecadação de impostos no Estado. “Este quadro não foi nada animador para as entidades, pois o aumento da receita do Estado foi a condição para o governo dar reajuste à categoria“, comentou o Cabo Wilson.

Elcio Inocente também saiu descontente com o resultado do encontro de quase três horas. “Tínhamos a esperança de ouvir algo mais positivo e foi a mesma ladainha de sempre. Desculpas, justificativas e, de efetivo, nada. Enquanto isso, nosso PM perde cada vez mais a esperança e passa por dificuldades. Mas o resultado não depende da nossa vontade.”

Outra reunião será realizada em junho, com a presença do governador Geraldo Alckmin, para avaliar a arrecadação de maio e definir o reajuste.

Com informações da assessoria de imprensa Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do Estado de São Paulo e da CERPM

DSCN5345

Foram exibidos gráficos que mostram a queda da arrecadação

DSCN5349

Comunicado: pague em dia a mensalidade para poder usufruir dos benefícios proporcionados pela APMDFESP

A APMDFESP alerta os associados cujas mensalidades são pagas via boleto ou debitadas em conta corrente para que verifiquem se os pagamentos estão em dia. Isso porque tem sido frequente que nossos irmãos de farda e seus dependentes nos procurem  em momentos de necessidade e só então fiquem cientes de sua dívida com a entidade.

Infelizmente o estatuto nos proíbe de atender os inadimplentes sob pena de acabarmos comprometendo o tratamento e necessidades de quem está com a mensalidade em dia. Essa situação nos causa imensa tristeza porque conhecemos de perto as dificuldades de quem se vê com a saúde debilitada ou com algum tipo de deficiência, seja a situação temporária ou definitiva.

Por esse motivo, pedimos àqueles que pagam boleto que atentem para a correspondência entregue pelo correio e à data do vencimento. Caso o pagamento esteja atrasado, ele pode ser quitado na sede da APMDFESP.  Já os que preferiram  descontar o valor da mensalidade direto na conta corrente devem se dirigir à agência do banco para autorizar que isso seja feito. E conferir o extrato para checar o pagamento.

Ninguém gosta de pensar em adoecer, ser vítima de uma ocorrência nas ruas ou ver familiares passando por problemas de saúde. Mas, infelizmente, nós da APMDFESP sabemos, por experiência, que essas situações acontecem com qualquer um e sem aviso prévio.

Pedimos a todos que estejam em dia com suas mensalidades para que possamos cumprir nossa missão maior: cuidar da Família Policial Militar nos momentos em que ela precisa mais de apoio. Qualquer dúvida pode se esclarecida no 2262-9500, ramal 7 (departamento financeiro).

Leia também:

Consulte a tabela completa de vencimentos com base na Lei Complementar 1249/2014

Leia entrevista do único PM inocentado no julgamento dos policiais acusados de assassinato após perseguição no Butantã; Soldado foi defendido por advogados da APMDFESP

Processo de PM que atirou em camelô na Lapa é arquivado; policial foi defendido pelos advogados da APMDFESP

Conheça os benefícios do departamento jurídico da APMDFESP que  se estendem aos dependentes do associado

Balanço Geral, da Record, exibe matéria sobre bombeiro associado da APMDFESP que foi infectado por bactéria em resgate de corpos

SP no Ar, da Rede Record, exibe matéria sobre a APMDFESP

Advogados da APMDFESP ganham processo e Cabo PM acusado de duplo homicídio é inocentado; a pena seria de 40 anos caso fosse considerado culpado pelo júri

Jurídico ganha ação do GAP para associado: ” Valeu muito a pena ver reconhecido um direito que é nosso”

Saiba como entrar com ação individual para receber recomposição das perdas havidas com a conversão da URV

Conheça todos os benefícios que a APMDFESP oferece aos associados